Editorial maio de 2016

Confiantes no Brasil

É realmente inquestionável que vivemos mais um momento ímpar na história recente de nosso país. Em junho de 2013 foi deflagrado um movimento que parecia estar esquecido ou adormecido. A população voltou às ruas para exercer o direito legítimo e assegurado de protestar. Naquele momento, o pano de fundo que parecia motivar os movimentos era realmente muito maior do que os R$ 0,20 (vinte centavos) nas passagens de ônibus. De lá pra cá, muita coisa aconteceu, presenciamos momentos ainda mais difíceis no cenário político-econômico e a Nação voltou os olhos para todo o movimento do Judiciário, que nos proporcionou um despertar para as questões de impunidade, em um processo que parece avançar cada dia mais. Com isso, fomos prosseguindo com a população imersa em um sentimento de mudança.

O último mês foi marcado pelo episódio da sessão na Câmara dos Deputados que votou pela aprovação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Percebemos um lamentável espetáculo de banalização da política, reforçando ainda mais o sentimento de falta de representatividade justa, honesta e, sobretudo, comprometida com os rumos de nossa pátria.

Durante todo esse processo recente que relatamos acima, procuramos dividir com nossos leitores reflexões positivas, nas quais as revelações dos espíritos superiores, através de Chico Xavier, pudessem nos sinalizar alguma esperança frente ao cenário tão desesperador e extremo de usurpação da vida pública.

Cremos que o pensamento do medianeiro, registrado em O Evangelho de Chico Xavier, é totalmente pertinente: “Devemos orar pelos políticos, pelos administradores da vida pública. A tentação do poder é muito grande. Eu não gostaria de estar no lugar de nenhum deles. A omissão de quem pode e não auxilia o povo é comparável a um crime que se pratica contra a comunidade inteira. Tenho visto muitos espíritos dos que foram homens públicos na Terra em lastimável situação na vida espiritual...” Por outro lado, devemos também confiar que não estamos à deriva, e que a Espiritualidade Superior segue regendo os passos da Pátria do Cruzeiro.

Maio de 2016 deverá ser decisivo para os rumos de nossa história, por isso devemos seguir confiantes e orando. Nesse mesmo mês, há 149 anos, em 1867, Adolfo Bezerra de Menezes assumia a sua cadeira como deputado na Assembleia Geral do Império. Diante desse fato histórico, decidimos resgatar os feitos da trajetória política de Bezerra de Menezes e a ela somar ainda os passos de Cairbar Schutel e Freitas Nobre. Relembrar a história desses homens públicos e verdadeiros cristãos envolvidos com a Nação é a nossa forma de disseminar a cultura da fé e da esperança nesse momento tão delicado.

Confiantes que esses e tantos espíritos nos orbes superiores continuam comprometidos com o Brasil, a eles e a Ismael direcionamos nossas preces para podermos suplantar essa etapa e seguir na evolução necessária para que um dia possamos nos tornar realmente merecedores de ser a Pátria do Evangelho.

Edição abril de 2016

Os principais destaques da edição de abril da Folha Espírita são:

    Jesus, sem dogmas ou efeitos especiais
    Um Brasil melhor
    Suicídio. E depois?
    Cartas de Chico Xavier em documentário
    Experiências com a capelania hospitalar espírita
    Reconstrução da vida a dois
    Passaporte para renascer

Se você é assinante da versão online, clique na imagem ao lado para ler a edição atual. Se ainda não é assinante, assine agora mesmo.

Editorial abril de 2016

As cartas de Chico Xavier e as novas gerações

Abril marca o aniversário de nascimento de Francisco Cândido Xavier e, dentro das comemorações programadas, destacamos duas que são especialmente importantes: a reprise do programa Portal de Luz, com a ex-presidente da AME-Brasil e AME-Internacional, desencarnada no ano passado, Marlene Nobre, relatando sua convivência com o médium e contando sobre o material publicado em seu livro Chico Xavier: Meus Pedaços do Espelho, e o documentário As Cartas Psicografadas por Chico Xavier, do canal History Channel, que mostra o enorme poder consolador das mensagens do médium.

Fala-se muito dos livros psicografados por Chico, que oferecem inegável contribuição para a Doutrina Espírita. Mas o que dizer das incontáveis cartas trazidas por ele para acalentar os corações de tantos pais e mães que haviam perdido seus filhos? Quantos milhares de famílias puderam amenizar dores profundas e recobrar a fé na Justiça Divina ao ter contato com tais cartas! Trata-se de um exemplo do amor que o médium nutriu por seus semelhantes, através desse serviço que ele executou por quase toda a vida, com abnegado espírito de caridade e de respeito à dor daqueles que perderam seus parentes abruptamente.

Além do socorro imediato aos que sofriam, essas cartas suscitaram várias outras curiosidades. Algumas foram anexadas como provas em processos judiciais, a fim de esclarecer crimes. Outras tiveram sua grafologia analisada tecnicamente, comparando assinatura e grafia do desencarnado com a sua escrita em vida. A própria FE Editora publicou, no início de sua história, o livro A Vida Triunfa, que traz uma ampla pesquisa de 45 casos atendidos por Chico, todos com autenticidade comprovada, realizada por Paulo Rossi Severino e pela AME-São Paulo, e que inclui a transcrição das cartas e também das entrevistas feitas com os familiares de cada desencarnado.

Há de se destacar nessas cartas os valores altamente éticos e morais, pois jamais qualquer um dos espíritos comunicantes fez uso da palavra para incriminar alguém ou mostrar revolta e sede de justiça. Muito pelo contrário, o que mais se encontra são palavras esclarecedoras, trazendo forças e fé para os familiares, fazendo-nos crer definitivamente na vida espiritual.

Ainda há muito que se estudar sobre a vida e a obra desse verdadeiro missionário do Cristo. Ficamos felizes em ver as novas gerações tendo contato com os ensinamentos do médium mineiro e, de nossa parte, cumpre colaborar na divulgação dos exemplos deixados por ele.

Edição março de 2016

Os principais destaques da edição de março da Folha Espírita são:

    Ondas gravitacionais comprovam teoria de Einstein e abrem caminho para as descobertas espirituais
    Microcefalia: em defesa da vida
    O Brasil e a Guerra do Paraguai
    Crença em Deus e honestidade
    Nos Passos do Mestre chega aos cinemas
    O poder do perdão

Se você é assinante da versão online, clique na imagem ao lado para ler a edição atual. Se ainda não é assinante, assine agora mesmo.

Conteúdo sindicalizado