Voltei

Irmão Jacob, Psicografia de Chico Xavier

Capa do livro Voltei, Chico Xavier

Há vida depois da morte? Se a vida continua, para onde vai o Espírito, que sobrevive à morte? Será mais fácil ao espírita enfrentar a situação além-túmulo? Estas e outras questões são tratadas em Voltei, obra de conteúdo revelador. O autor espiritual retorna do mundo maior, pela psicografia de Francisco Cândido Xavier, para esclarecer sobre assuntos diversos, tais como desligamento do corpo físico, retorno ao mundo espiritual, encontro com os amigos, dificuldade de intercâmbio mediúnico e reajustamento à nova vida. Irmão Jacob alerta os leitores quanto à necessidade do autoaprimoramento, objetivando o feliz retorno ao mundo espiritual.

“Oh! Meus amigos do Espiritismo, que amamos tanto! É para você membro da grande família que tanto desejei servir – que grafei estas páginas, sem a presunção de convencer! Não se acreditem quitados com a Lei, por haverem atendido a pequeninos deveres de solidariedade humana, nem se suponham habilitados ao paraíso, por receberem a manifesta proteção de um amigo espiritual! Ajudem a si mesmos, no desempenho das obrigações evangélicas! Espiritismo não é somente a graça recebida, é também a necessidade de nos espiritualizarmos para as esferas superiores.

Falo-lhes hoje com experiência mais dilatada. Depois de muitos anos, nas lides da Doutrina, estou recompondo a aprendizagem, a fim de não ser o companheiro inadequado ou o servo inútil. Guardem a certeza de que o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo não é apenas um conjunto brilhante de ensinamentos sublimes para ser comentado em nossas doutrinações – é Código da Sabedoria Celestial, cujos dispositivos não podemos confundir.

Agradeço, sensibilizado; a colaboração de Emmanuel e de André Luiz, nos registros humildes de meu refazimento espiritual, nestas páginas que endereço aos irmãos de ideal e serviço.

E pedindo a Jesus nos fortaleça a todos, no trabalho a que fomos conduzidos, de modo a entendermos além de nós, as bênçãos que nos felicitam, rogo também ajuda para mim mesmo, a fim de que a Luz Divina me esclareça e auxílio, dentro do novo caminho de trabalho e elevação, porque, se a experiência carnal amadurece e passa, a vida prossegue e a luta continua.

Irmão Jacob, Pedro Leopoldo, 19 de fevereiro de 1948”.

Próximas Matérias

Quem faz?