Rosas com amor

Chico Xavier/Espíritos Diversos

“Caro leitor,

No limiar deste livro,

À maneira de alguém

Que se incumbe da porta

De um lar acolhedor,

Cuja luz nos aquece e reconforta,

Compete-me dizer

Que os amigos do Além

Desejam receber-te

No recinto do próprio coração…

E a fim de te abraçarem,

No jardim da emoção,

Com os melhores pensamentos

Que lhes traçam a vida,

na Vida Superior,

Ei-los: página em página,

E te oferecem trovas,

Semelhantes às rosas

– Rosas de amor com muito amor.”

Meimei

(Uberaba , 2 de setembro de 1973.)

Próximas Matérias

Quem faz?