AMIGO FOLHA ESPÍRITA

Você pode ajudar a divulgação da Doutrina. Colabore com a Folha Espírita e faça a sua parte

Quero Contribuir

ir

ir

ir

ABRIL/2024

ir

MARÇO/2024

ir

FEVEREIRO/2024

ir

JANEIRO/2024

ir

DEZEMBRO/2023

ir

NOVEMBRO/2023

ir

OUTUBRO/2023

ir

SETEMBRO/2023

ir

AGOSTO/2023

ir

JULHO/2023

ir

JUNHO/2023

ir

MAIO/2023

ir

ABRIL/2023

ir

MARÇO/2023

ir

FEVEREIRO/2023

ir

JANEIRO/2023

ir

DEZEMBRO/2022

ir

NOVEMBRO/2022

ir

OUTUBRO/2022

ir

SETEMBRO/2022

ir

AGOSTO/2022

ir

JULHO/2022

ir

JUNHO/2022

ir

MAIO/2022

ir

ABRIL/2022

ir

MARÇO/2022

ir

FEVEREIRO/2022

ir

JANEIRO/2022

ir

DEZEMBRO/2021

ir

NOVEMBRO/2021

ir

OUTUBRO/2021

ir

SETEMBRO/2021

ir

AGOSTO/2021

ir

JULHO/2021

ir

JUNHO/2021

ir

MAIO/2021

ir

ABRIL/2021

ir

MARÇO/2021

ir

FEVEREIRO/2021

ir

JANEIRO/2021

ir

DEZEMBRO/2020

ir

NOVEMBRO/2020

ir

OUTUBRO/2020

ir

2023 e a evangelização infantojuvenil

Os desafios que o Movimento Espírita enfrentará em 2023 ditarão o futuro das casas espíritas nas próximas décadas. Os dirigentes e coordenadores dos diversos departamentos deverão estar atentos às mudanças no comportamento das famílias e dos frequentadores para poderem criar recursos doutrinários. Não é uma tarefa fácil, porém os compromissos assumidos passam pelas nossas mãos, as mudanças e roteiros cambem a nós, pois os benfeitores espirituais seguem na sua tarefa.

No que diz respeito à evangelização infantil, tomemos como orientação as palavras de Emmanuel no livroEncontros no tempo, psicografado por Francisco Cândido Xavier: “É possível a renovação do mundo em que habitamos, além da reforma interior de cada um para o bem, sem darmos à criança de hoje o embasamento evangélico? Sem a renovação espiritual da criatura para o bem, jamais chegaríamos ao nível superior que nos compete alcançar. Ajudar a criança, amparando-lhe o desenvolvimento, sob a luz do Cristo, é cooperar na construção da reforma santificante da humanidade, na direção do mundo redimido de amanhã”.

Para a continuidade dos trabalhos presenciais, apresentamos algumas dicas importantes para a construção de um planejamento criativo. O texto abaixo faz parte do livro: Dicas úteis à prática pedagógica da evangelização espírita infantojuvenil.

Devemos proporcionar:

  • um ambiente informal e acolhedor em sala de aula.
  • harmonia dos estímulos visuais da sala de aula;
  • segurança em sala de aula (ambiente físico, vínculo evangelizador-evangelizando, domínio do conteúdo e planejamento de aula);
  • integração entre os evangelizandos;
  • exercícios de autoconhecimento e autovalorização, bem como de conhecimento e de valorização do próximo;
  • grupos de trabalho com número reduzido de evangelizandos;
  • perguntas, evitando dar as respostas sem oferecer ao evangelizando a oportunidade da reflexão;
  • espaço para que o evangelizando apreenda os conceitos, vivenciando-os;
  • organização nas atividades programadas;
  • novidades e curiosidades sobre o tema para o desenvolvimento das aulas;
  • materiais concretos e experiências cotidianas na explicação dos conteúdos;
  • troca de experiências entre os evangelizandos e entre evangelizador- evangelizando;
  • harmonia espiritual do ambiente;
  • contatos periódicos com a família;
  • contato do evangelizando com o livro espírita;
  • um ambiente de aceitação e fraternidade;
  • novas disposições do ambiente de acordo com a atividade a ser realizada;
  • a participação da turma na organização do ambiente da sala de aula.

Uma questão muito importante que devemos ter em mente é nunca subestimar a COVID-19 e as ferramentas educacionais criadas e utilizadas durante a pandemia. A aprendizagem híbrida é uma tendência educacional que deve permanecer mesmo com a normalidade das aulas presenciais.

Que tal aproveitar o período de início de planejamento para conhecer novos recursos que visam potencializar a aprendizagem?

Dividimos as ferramentas em dois grupos: síncronas e assíncronas. Os nomes parecem difíceis, porém estamos mais do que familiarizados com elas.

As ferramentas síncronas precisam da interação em tempo real:

  • videoconferência por meio de plataformas de videochamada;
  • chat on-line;
  • webinários;
  • eventos virtuais.

Diferentemente de como acontece com as ferramentas síncronas, as ferramentas assíncronas não necessitam que os evangelizadores e as crianças ou jovens estejam conectados simultaneamente. São elas:

  • e-mail;
  • Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA);
  • plataformas de ensino;
  • blogs;
  • redes sociais;
  • fóruns de discussão;
  • conteúdos gamificados;
  • formulários on-line;
  • ferramentas on-line de organização e planejamento.

Agora, meus amigos, é “mão na massa”! Outro dia li nas redes sociais uma frase dita por Thomas Edison, e não por Albert Einstein como muitos pensam e divulgam, que diz que a genialidade é constituída por “10% de inspiração e 90% de transpiração”. Que todos nós, envolvidos com a educação, sejamos amparados e protegidos pelos mentores.

Um feliz e produtivo 2023!

Referências

ESPÍRITOS DIVERSOS. Encontros no tempo. Psicografado por Francisco Cândido Xavier. Araras, SP: IDE, 1979.

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA (FEB). Dicas úteis à prática pedagógica da evangelização espírita infantojuvenil. 2012. Disponível em: https://www.dij.febnet.org.br/evangelizador/wp-content/blogs.dir/3/files/2012/08/Livreto-Dicas-Uteis-a-Pratica-Pedagogica-na-Evangelizacao.pdf. Acesso em: 30 dez. 2022.

UNIÃO ESPÍRITA MINEIRA (UEM); CONSELHO FEDERATIVO ESPÍRITA DE MINAS GERAIS (COFEMG). Dicas importantes para a construção de planejamentos criativos e fundamentados. [2022?]. Disponível em: https://www.uemmg.org.br/sites/default/files/public/download/arquivo/folder_alj_cons_plan_criativos_funamentos-210x310mm-02.pdf. Acesso em: 30 dez. 2022.

Próximas Matérias