AMIGO FOLHA ESPÍRITA

Você pode ajudar a divulgação da Doutrina. Colabore com a Folha Espírita e faça a sua parte

Quero Contribuir

ir

ir

ABRIL/2024

ir

MARÇO/2024

ir

FEVEREIRO/2024

ir

JANEIRO/2024

ir

DEZEMBRO/2023

ir

NOVEMBRO/2023

ir

OUTUBRO/2023

ir

SETEMBRO/2023

ir

AGOSTO/2023

ir

JULHO/2023

ir

JUNHO/2023

ir

MAIO/2023

ir

ABRIL/2023

ir

MARÇO/2023

ir

FEVEREIRO/2023

ir

JANEIRO/2023

ir

DEZEMBRO/2022

ir

NOVEMBRO/2022

ir

OUTUBRO/2022

ir

SETEMBRO/2022

ir

AGOSTO/2022

ir

JULHO/2022

ir

JUNHO/2022

ir

MAIO/2022

ir

ABRIL/2022

ir

MARÇO/2022

ir

FEVEREIRO/2022

ir

JANEIRO/2022

ir

DEZEMBRO/2021

ir

NOVEMBRO/2021

ir

OUTUBRO/2021

ir

SETEMBRO/2021

ir

AGOSTO/2021

ir

JULHO/2021

ir

JUNHO/2021

ir

MAIO/2021

ir

ABRIL/2021

ir

MARÇO/2021

ir

FEVEREIRO/2021

ir

JANEIRO/2021

ir

DEZEMBRO/2020

ir

NOVEMBRO/2020

ir

OUTUBRO/2020

ir

Acesse nossos outros canais

Siga-nos e acompanhe muito mais conteúdo para você.

2020, o ano que nos fez rever nossas vidas, passou…

Sandra Marinho Pois é, 2020 passou… Ano atípico que nos forçou a rever o nosso modo de contabilizar o que fizemos e o que deixamos de fazer. Muitas vezes, me pego com a sensação de ainda estar em março, mas o interessan[...]

O Natal de Jesus pede menos ostentação e mais trabalho do bem

Queridos amigos leitores da Folha Espírita, que o clima de amor e fraternidade que paira durante a época do Natal possa tornar o coração humano mais sensível e mais aberto à solidariedade. Como em todos os anos, agradecemos a[...]

1,5 milhão de mortes e a renovação da vida de mais de 7 bilhões

Chegamos na última edição de 2020, um ano que, certamente, marcou a vida de toda a humanidade. Grafamos no editorial da edição de janeiro de 2020 a seguinte frase extraída do livro Busca e acharás: “Aceitarás a dificuldade, n[...]

Faça um Natal mais generoso na pandemia da Covid-19

2020 tem sido excepcional para mostrar que, se o Brasil não é um país perfeito, pelo menos é uma nação extremamente generosa. E isso pôde ser visto na pandemia, que, apesar de nos ter feito tão mal, proporcionou o maior movim[...]