AMIGO FOLHA ESPÍRITA

Você pode ajudar a divulgação da Doutrina. Colabore com a Folha Espírita e faça a sua parte

Quero Contribuir

ir

ir

ir

ABRIL/2024

ir

MARÇO/2024

ir

FEVEREIRO/2024

ir

JANEIRO/2024

ir

DEZEMBRO/2023

ir

NOVEMBRO/2023

ir

OUTUBRO/2023

ir

SETEMBRO/2023

ir

AGOSTO/2023

ir

JULHO/2023

ir

JUNHO/2023

ir

MAIO/2023

ir

ABRIL/2023

ir

MARÇO/2023

ir

FEVEREIRO/2023

ir

JANEIRO/2023

ir

DEZEMBRO/2022

ir

NOVEMBRO/2022

ir

OUTUBRO/2022

ir

SETEMBRO/2022

ir

AGOSTO/2022

ir

JULHO/2022

ir

JUNHO/2022

ir

MAIO/2022

ir

ABRIL/2022

ir

MARÇO/2022

ir

FEVEREIRO/2022

ir

JANEIRO/2022

ir

DEZEMBRO/2021

ir

NOVEMBRO/2021

ir

OUTUBRO/2021

ir

SETEMBRO/2021

ir

AGOSTO/2021

ir

JULHO/2021

ir

JUNHO/2021

ir

MAIO/2021

ir

ABRIL/2021

ir

MARÇO/2021

ir

FEVEREIRO/2021

ir

JANEIRO/2021

ir

DEZEMBRO/2020

ir

NOVEMBRO/2020

ir

OUTUBRO/2020

ir

Congresso-médico espírita discutirá a evolução da ciência e a ética do Espírito

A evolução científica que descortinou tantos avanços na área de tecnologia e da saúde
também criou muitos desafios. Hoje, é possível aumentar a idade média do ser humano em várias décadas. Doenças consideradas intratáveis já são tratadas. Conseguimos fazer cirurgias sem cortes intraútero e até no cérebro. Isso sem falar das operações guiadas a distância e das robóticas. Foram muitos os avanços para a humanidade. “Quando você passa a ter possibilidade de mexer num embrião, por exemplo, pode ter várias escolhas, como fazer uma seleção gênica, tentando escolher o melhor, o mais perfeito e o sexo. Com a população mais idosa também surgem novos desafios. Os tratamentos de hoje permitem a ressuscitação de pacientes que antes morriam. Grande parte deles pode ficar em uma situação de coma prolongado, que nos faz refletir se seria lícito tirar suas vidas nessas condições. São várias as questões que se encontram diante de nós hoje e são elas que deram a base para o tema do Mednesp 2023”, afirma o médico intensivista José Roberto Pereira Santos (foto), presidente da Associação Médico-Espírita do Estado do Espírito Santo (AMEEES), referindo-se à evolução da ciência e a ética do Espírito, tema escolhido para a edição deste ano.

“Como disse Albert Einstein, ‘a ciência sem a religião é manca, e a religião sem a ciência é cega’. Aqui pensamos não só nas religiões oficiais, mas na espiritualidade, crença em Deus.”

O Mednesp 2023, que está em sua décima terceira edição – o evento aconteceria em 2021, mas foi adiado por conta da pandemia da Covid-19 – e acontece de 8 a 10 de junho, no Centro de Convenções de Vitória, tem por objetivo mostrar que o Espiritismo vem para dar apoio à ciência nessas questões éticas. “Com o conhecimento da existência do Espírito, da sua sobrevivência após a morte, na sua evolução através das várias reencarnações, o livre-arbítrio e a Lei de causa e efeito, fica mais fácil para o homem, e mormente para o profissional da saúde, tomar as melhores decisões. Como dizia a médica Marlene Nobre, grande defensora da vida e fundadora da AME-Brasil, ‘nossa luta é pela união definitiva entre ciência e religião’”, declara Santos.

Serão aproximadamente 50 palestrantes, vindos de praticamente todos os estados brasileiros, que discutirão temas variados, como eutanásia, aborto, infância, idoso, avanços da tecnologia nas mídias sociais, família, drogas, dependência química, questões sexuais, suicídio, obsessão e mediunidade, entre outros. “Vários assuntos atuais que estão relacionados principalmente ao mundo pós-pandemia serão tratados, como o comportamento do ser humano nesse período de isolamento. Vamos apresentar estudo sobre as sequelas pós-Covid e a importância da vacinação. Foram escolhidos médicos espíritas com grande conhecimento nessas áreas e que trarão grandes ensinamentos”, finaliza.

Mednesp

O Mednesp é considerado o maior evento de saúde e espiritualidade do mundo, que reúne a cada dois anos dezenas de palestrantes. Promovido pela Associação Médico-Espírita do Brasil (AME-Brasil), discute assuntos que aliam medicina e espiritualidade, sempre dentro do paradigma médico-espírita, o qual incorpora o conteúdo trazido pelos Espíritos ao conhecimento médico. A AME-Brasil é constituída atualmente por 69 AMEs regionais.

Confira a programação no site do Mednesp.

Próximas Matérias