AMIGO FOLHA ESPÍRITA

Você pode ajudar a divulgação da Doutrina. Colabore com a Folha Espírita e faça a sua parte

Quero Contribuir

ir

ir

ir

ABRIL/2024

ir

MARÇO/2024

ir

FEVEREIRO/2024

ir

JANEIRO/2024

ir

DEZEMBRO/2023

ir

NOVEMBRO/2023

ir

OUTUBRO/2023

ir

SETEMBRO/2023

ir

AGOSTO/2023

ir

JULHO/2023

ir

JUNHO/2023

ir

MAIO/2023

ir

ABRIL/2023

ir

MARÇO/2023

ir

FEVEREIRO/2023

ir

JANEIRO/2023

ir

DEZEMBRO/2022

ir

NOVEMBRO/2022

ir

OUTUBRO/2022

ir

SETEMBRO/2022

ir

AGOSTO/2022

ir

JULHO/2022

ir

JUNHO/2022

ir

MAIO/2022

ir

ABRIL/2022

ir

MARÇO/2022

ir

FEVEREIRO/2022

ir

JANEIRO/2022

ir

DEZEMBRO/2021

ir

NOVEMBRO/2021

ir

OUTUBRO/2021

ir

SETEMBRO/2021

ir

AGOSTO/2021

ir

JULHO/2021

ir

JUNHO/2021

ir

MAIO/2021

ir

ABRIL/2021

ir

MARÇO/2021

ir

FEVEREIRO/2021

ir

JANEIRO/2021

ir

DEZEMBRO/2020

ir

NOVEMBRO/2020

ir

OUTUBRO/2020

ir

Prece de Cáritas – 150 anos

A Prece de Cáritas tem sido constantemente orada por várias gerações de espíritas. Diz-se que “Cáritas” era um Espírito que se comunicava por intermédio da médium Madame W. Krell, num grupo de Bordeaux, França, sendo ela uma das maiores psicógrafas da história do Espiritismo.

A Prece de Cáritasfoi psicografada na noite de 25 de dezembro de 1873, ditada pela suave Cáritas, de quem são, ainda, outras comunicações conhecidas, como “A esmola espiritual” e “Como servir a religião espiritual”. Todas as mensagens que Madame W. Krell psicografava em transe se encontram no livro Rayonnements de la Vie Spirituelle (Radiações da vida espiritual), publicado em maio de 1875 em Bordeaux, inclusive a própria prece de Cáritas, escrita em francês, tal e qual como foi transmitida.

Em O Evangelho segundo o Espiritismo e na Revista Espírita, podemos ler várias mensagens de Cáritas, ali inseridas por Allan Kardec. São mensagens que estimulam a fraternidade, a solidariedade e a caridade.

Na Revista Espírita de 1865, encontramos o apelo de Cáritas.

“[…] O Espiritismo, esse grande traço de união entre todos os filhos de Deus, nos abriu um horizonte tão largo, que podemos olhar de um a outro ponto todos esses corações esparsos que as circunstâncias colocaram no Oriente e no Ocidente, e vê-los vibrar a um só apelo de Cáritas. Ainda me lembro da profunda emoção que senti quando, no ano passado, a Revista Espírita nos dava conta da impressão produzida em todas as partes da Europa por uma comunicação desse excelente Espírito. Sem dúvida poder-se-á dizer tudo quanto se queira contra o Espiritismo: é uma prova de que ele cresce, porque geralmente não se atacam as coisas pequenas, mas os grandes efeitos. Ademais, o que são esses ataques senão como a cólera de uma criança que atirasse pedras ao oceano para impedi-lo de roncar? E os detratores do Espiritismo quase não suspeitam que denegrindo a doutrina eles cobrem todas as despesas de uma propaganda que dá a todos os que a leem vontade de conhecer esse terrível inimigo que tem como palavra de ordem: ‘Fora da caridade não há salvação […]’”.

Prece de Cáritas

Deus, nosso Pai, que sois todo poder e bondade, daí forças àqueles que passam pela provação, daí luz àqueles que procuram a verdade, pondo no coração do homem a compaixão e a caridade!

Deus, dai ao viajor a estrela guia, ao aflito a consolação, ao doente o repouso.

Pai, dai ao culpado o arrependimento, ao Espírito a verdade, à criança o guia, ao órfão o pai.

Senhor, que a vossa bondade se estenda sobre tudo que criastes.

Piedade, Senhor, para aquelas que Vos não conhecem, esperança para aqueles que sofrem.

Que a Vossa bondade permita aos Espíritos consoladores derramarem por toda a parte a paz, a esperança e a fé!

Deus! Um raio, uma centelha do Vosso amor pode iluminar a terra; deixai-nos beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita, e todas as lágrimas secarão, todas as dores se acalmarão. Um só coração, um só pensamento subirá até Vós como um grito de reconhecimento e de amor.

Como Moisés sobre a montanha, nós Vos esperamos com os braços abertos, oh! Bondade, oh! Beleza, oh! Perfeição, e queremos de alguma sorte merecer a Vossa misericórdia.

Deus, dai-nos a força, ajudai o nosso progresso, a fim de subirmos até Vós; dai-nos a caridade pura, a humildade; dai-nos a fé e a razão, dai-nos a simplicidade, que fará de nossas almas o espelho onde se há de refletir a Vossa Divina Imagem! Que assim seja.

Próximas Matérias