AMIGO FOLHA ESPÍRITA

Você pode ajudar a divulgação da Doutrina. Colabore com a Folha Espírita e faça a sua parte

Quero Contribuir

ir

ir

ir

ABRIL/2024

ir

MARÇO/2024

ir

FEVEREIRO/2024

ir

JANEIRO/2024

ir

DEZEMBRO/2023

ir

NOVEMBRO/2023

ir

OUTUBRO/2023

ir

SETEMBRO/2023

ir

AGOSTO/2023

ir

JULHO/2023

ir

JUNHO/2023

ir

MAIO/2023

ir

ABRIL/2023

ir

MARÇO/2023

ir

FEVEREIRO/2023

ir

JANEIRO/2023

ir

DEZEMBRO/2022

ir

NOVEMBRO/2022

ir

OUTUBRO/2022

ir

SETEMBRO/2022

ir

AGOSTO/2022

ir

JULHO/2022

ir

JUNHO/2022

ir

MAIO/2022

ir

ABRIL/2022

ir

MARÇO/2022

ir

FEVEREIRO/2022

ir

JANEIRO/2022

ir

DEZEMBRO/2021

ir

NOVEMBRO/2021

ir

OUTUBRO/2021

ir

SETEMBRO/2021

ir

AGOSTO/2021

ir

JULHO/2021

ir

JUNHO/2021

ir

MAIO/2021

ir

ABRIL/2021

ir

MARÇO/2021

ir

FEVEREIRO/2021

ir

JANEIRO/2021

ir

DEZEMBRO/2020

ir

NOVEMBRO/2020

ir

OUTUBRO/2020

ir

Preguiça ou procrastinação?

Apesar de seus significados serem frequentemente confundidos, preguiça e procrastinação são conceitos muito diferentes e com estratégias diferenciadas de abordagens.

Definições e diferenças

Preguiça – é um estado de inércia, falta de energia e disposição para realizar qualquer atividade. É um sentimento de desânimo e apatia que impede o indivíduo de iniciar ou persistir em uma tarefa, mesmo que seja algo simples ou prazeroso.

Procrastinação – é mais do que simplesmente adiar tarefas. É um padrão de comportamento complexo com raízes em fatores psicológicos, emocionais e até mesmo biológicos, que afeta pessoas de todas as idades, desde crianças até adultos. Embora seja mais comum em jovens e adultos, crianças também podem desenvolver o hábito de adiar tarefas e responsabilidades.

Uma vez estabelecidas as diferenças básicas, vamos explorar um pouco mais as causas e os impactos da procrastinação?

Causas da procrastinação:

  • medo do fracasso – a insegurança sobre a capacidade de realizar uma tarefa pode levar ao adiamento como forma de evitar o sentimento de fracasso;
  • falta de motivação – tarefas desinteressantes ou sem propósito claro podem não gerar a motivação necessária para iniciar ou concluí-las;
  • perfeccionismo – o desejo de que tudo seja perfeito pode paralisar, levando à procrastinação por medo de não atender às próprias expectativas;
  • dificuldade em gerenciar o tempo – a falta de organização e planejamento pode dificultar a priorização de tarefas e o cumprimento de prazos;
  • recompensa imediata – a tendência do cérebro humano a buscar recompensas imediatas pode levar a priorizar atividades prazerosas em vez de tarefas importantes, mas menos gratificantes no momento.

Impactos:

  • aumento do estresse e ansiedade – o acúmulo de tarefas não realizadas e a pressão de prazos podem gerar altos níveis de estresse e ansiedade;
  • diminuição da produtividade – a procrastinação impede a realização de tarefas importantes, impactando negativamente a produtividade e o desempenho;
  • problemas de saúde – o estresse crônico causado pela procrastinação pode levar a problemas de saúde física e mental, como dores de cabeça, insônia e depressão;
  • prejuízo nos relacionamentos – o não cumprimento de compromissos e responsabilidades pode prejudicar relacionamentos pessoais e profissionais.

Se você se identificou com alguns desses sinais, é possível que esteja procrastinando, mas não se preocupe, pois existem diversas estratégias que podem o ajudar a superar esse hábito e se tornar mais produtivo.

Dicas que podem ajudar a resolver ou minimizar o problema:

  • identifique as causas – entenda por que você procrastina. É medo do fracasso, perfeccionismo, falta de interesse na tarefa, dificuldade em se concentrar? Ao identificar a causa-raiz, você pode encontrar soluções mais eficazes;
  • defina metas claras e realistas – estabeleça metas específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e com prazo definido. Divida grandes tarefas em etapas menores e mais gerenciáveis para evitar se sentir sobrecarregado;
  • crie um cronograma – organize suas tarefas em um cronograma diário ou semanal, definindo horários específicos para cada atividade. Isso o ajudará a se manter no caminho certo e evitar distrações;
  • elimine distrações – identifique o que distrai você e elimine ou minimize essas distrações. Desligue as notificações do celular, feche as abas desnecessárias do navegador, encontre um ambiente tranquilo para trabalhar;
  • peça ajuda – se estiver com dificuldades, não hesite em pedir ajuda a amigos, familiares ou profissionais. Um coach ou terapeuta pode ajudá-lo a identificar as causas da procrastinação e desenvolver estratégias personalizadas para superá-la;
  • recompense-se – estabeleça pequenas recompensas para cada etapa concluída ou tarefa realizada. Isso dará a você um incentivo extra para continuar e o ajudará a se sentir mais motivado;
  • não busque a perfeição – lembre-se de que feito é melhor que perfeito. Não se preocupe em fazer tudo perfeitamente, concentre-se em concluir as tarefas e seguir em frente;
  • seja gentil consigo – não se culpe por procrastinar, todos nós fazemos isso de vez em quando. Em vez de se criticar, concentre-se em aprender com seus erros e seguir em frente;
  • comemore suas conquistas – reconheça e celebre seus progressos, por menores que sejam. Isso o ajudará a se sentir mais confiante e motivado a continuar.

Lembre-se que superar a procrastinação é um processo gradual. Seja paciente consigo e persista em seus esforços. Com o tempo e a prática, você se tornará mais produtivo e alcançará seus objetivos.

Espiritismo e oportunidades

No Espiritismo, a vida é vista como uma jornada de aprendizado e evolução espiritual. Cada experiência e cada ação são oportunidades de aprendizado e crescimento. A procrastinação, ao adiar tarefas e responsabilidades, impede o indivíduo de aproveitar essas oportunidades, atrasando seu progresso. As casas espíritas, como fontes de busca por auxílio espiritual, utilizam diversas ferramentas para auxiliar nesse processo, como o estudo, o autoconhecimento, a disciplina, a força de vontade. Ao superar a procrastinação, o indivíduo se torna mais responsável, organizado e eficiente. Ele passa a aproveitar melhor o tempo, cumprindo suas tarefas e responsabilidades com mais facilidade. Isso contribui para seu desenvolvimento pessoal e para seu progresso espiritual, permitindo que avance mais rapidamente em sua jornada evolutiva.

Referências

BASAGLIA, Ricardo. Diga adeus à procrastinação: o plano de ação para um 2024 incrível. Estadão, 8 jan. 2024. Disponível em:https://www.estadao.com.br/economia/ricardo-basaglia/procrastinacao-sucesso-carreira-2024/. Acesso em: 31 maio 2024.

CUIDANDO da alma. Rossandro Klingey, 2024. Disponível em:https://www.youtube.com/playlist?list=PLyiORJxyDxo3G6mRO7WHKJzyfAJddwueN. Acesso em: 31 maio 2024.

Próximas Matérias